Corrida pelo crédito aumenta, diz Serasa Experian

Crescimento maior deve ocorrer a partir do segundo semestre deste ano, indica pesquisa

A quantidade de empresas que buscaram por crédito no primeiro mês de 2017 cresceu 12,6%, segundo dados da Serasa Experian. Em comparação com o mesmo período do ano passado, a alta foi de 6,2%. 

De acordo com o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, esse é um fenômeno sazonal. “Uma vez que o Natal passa, as empresas começam a recompor os estoques, então, no começo do ano, a necessidade por crédito aumenta por conta deste movimento”, explica ao Portal Sociedade de Negócios. 

A pesquisa indica ainda que a demanda das micro e pequenas empresas foi o fator que puxou os números para cima. Nesta modalidade, houve alta de 13,3% de dezembro do ano passado para janeiro deste ano e valorização de 7,1% em relação ao passado. 

O número de consumidores que buscou crédito no ano passado também cresceu: houve alta de 3,7% em comparação com o ano anterior. Segundo Rabi, o perfil de quem procura crédito mudou um pouco com o tempo e com o cenário econômico: “O que nós percebemos é que o crédito está sendo usado para a quitação de dívidas ou renegociação de dívidas já em atraso”. 

Essa demanda apresentou diferença nas cinco regiões do País. Houve crescimento de 7,2% na Região Sul, 3,7% no Sudeste, 5,1% no Centro-Oeste e 1,7% no Nordeste. Apenas a região Norte teve queda de 2,6% no ano. Rabi diz que estes valores refletem os diferentes níveis de desenvolvimento econômico encontrados. 

Para o economista da Serasa Experian, a busca por crédito neste ano é promissora. “A partir do segundo semestre, nós devemos ter uma procura mais intensa por crédito”.


Categoria(s): Crédito