Os melhores setores para abrir uma franquia

O franchising é uma área que oferece uma grande variedade de investimentos e pode ser uma alternativa produtiva para o empreendedor

de uso e know-how de uma marca -, as expectativas são boas. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor deve crescer de 8 a 10% no que diz respeito ao faturamento de 2018.

Para começar um negócio dessa modalidade, os investimentos podem variar. Em alguns casos, o franqueado pode iniciar a empreitada com aportes de R$ 20.000. Em outros casos, o montante pode ultrapassar os R$500.000. O Portal Sociedade de Negócios listou as modalidades de negócio mais aquecidas no setor de franchising:

Beleza

Depilação, sobrancelhas, cabelos, esmalteria e outros serviços estéticos: o mercado da beleza oferece uma série de possibilidades para novos investidores. Para se ter uma ideia do potencial, cerca de R$118 bilhões devem ser movimentados no ramo neste ano.

Alimentação saudável

Mais um negócio de proporções bilionárias no Brasil. Até o ano passado, o volume de vendas atingiu cerca de R$ 92 bilhões. E não deve parar. Até 2021, estima-se um crescimento de pelo menos 4,41%.

Mercado pet

Entre cães e gatos, são cerca de 75 milhões de animais de estimação nas residências brasileiras, o que nos coloca no segundo lugar do ranking de países com mais pets no mundo. Para completar, o setor de produtos para os bichinhos ultrapassou os R$ 19 bilhões em faturamento no ano passado.

Produtos infantis

Nos últimos seis anos, o volume de vendas de itens para crianças foi de R$ 2,7 bilhões para R$ 3,9 bilhões. De acordo com especialistas, o crescimento deve continuar nos próximos anos, especialmente devido à diversificação da oferta. Um dos principais responsáveis por essa variedade é o avanço das novas tecnologias, que cria brinquedos e outros acessórios interativos.

Academias de ginástica

O mercado fitness é outro fenômeno do empreendedorismo brasileiro. Cada vez mais acessíveis e com uma série de modalidades no portfólio, as academias viraram alvo dos investidores. Dados apontam mais de oito milhões de alunos em mais de 30 mil academias espalhadas pelo País. O setor movimenta cerca de R$7,5 bilhões por ano.


Categoria(s): Primeiros Passos