Sustentabilidade empresarial: por que ela é importante para o seu negócio

Diversas organizações se reformularam em prol de um mundo melhor, mas você sabe como fazer isso na sua empresa?

Sustentabilidade. Talvez este seja um dos maiores mantras corporativos do último século. Não à toa, o número de companhias que acreditam que a adoção de práticas mais sustentáveis não é benéfica apenas para a sociedade, mas para os negócios como um todo tem aumentado exponencialmente. No entanto, é importante deixar claro que esse conceito não se limita apenas a preservação do meio ambiente. Sustentar é, sobretudo, estabelecer conceitos de produção e convivência saudáveis.

 

Um plano sustentável diferenciado pode significar, inclusive, uma vantagem competitiva. Além de mostrar comprometimento com a mudança, o empreendedor recolhe resultados positivos. Imagine algo simples, mas que ainda não é adotado por muitas organizações: eliminar documentos em papel e digitalizar tudo. Você corta gastos com cartuchos de impressora, folha sulfite e ainda contribuem para a redução do acúmulo de lixo.

 

Fora isso, a empresa mostra valor ao cliente porque se posiciona como uma instituição responsável e mais confiável. Cada vez mais consumidores estão atentos a essa realidade. Afinal, uma companhia que cuida do próximo, atrai muito mais fidelidade e admiração.

 

Outro ponto importante de salientar é o compromisso que uma organização sustentável tem com o desenvolvimento da sociedade civil organizada. Suas ações reverberam diretamente no cotidiano. Como exemplo, podemos falar de marcas que patrocinam e preservam parques ou apoiam ações de coleta seletiva, algo cada vez mais recorrente nos grandes centros urbanos.

 

Mas como começar? Bem, a primeira parte pode ser a determinação do passivo ambiental da empresa, que é o conjunto de potenciais danos causados por ela ao meio ambiente e a sociedade. Mensuradas essas possibilidades, fica mais fácil saber quais erros evitar e quais deles precisam ser reparados.

 

Algumas providências e programas que podem ser adotados são:

 

  • Economia de energia através de instalação de sistemas alternativos, tais como energia solar;

 

  • Uso de sistemas de tratamento de efluentes e reaproveitamento de água da chuva;

 

  • Reciclagem e reaproveitamento de matérias-primas;

 

 

  • Busca por certificações que confirmem a procedência de produtos e práticas cotidianas da empresa;

 

  • Programas de educação social e ambiental;

 

  • Criação de projetos específicos para a melhora da convivência em sociedade.

Categoria(s): Como Planejar