Marketing para PME? Especialista ensina como se destacar

Só aparecer apenas não basta. Divulgar sua marca com alcance e qualidade também conta pontos

Quem não é visto não é lembrado. Portanto, cuidar do marketing do seu negócio é um investimento essencial, principalmente quando falamos em um cenário econômico desfavorável.

 

“Investir em marketing é vital para empresas de qualquer porte. E ainda mais fundamental no cenário atual, pois a empresa precisa se destacar em relação à concorrência”, diz Monica Lobenschuss, especialista em Marketing e Empreendedorismo e fundadora da franquia de mídias sociais Social Lounge.

 

Para isso, o PME tem a sua disposição diversas estratégias, como ações de assessoria de imprensa, e-mail marketing, redes sociais, entre outras. No entanto, se a verba destinada ao marketing for reduzida, a dica é investir em digital, com ações nas redes sociais.

 

“É possível começar a anunciar com valores muito acessíveis nesses canais. Outra estratégia é promover campanhas junto aos clientes, com foco na ampliação de contratos. Se a sua companhia destinar uma porcentagem do faturamento, entre 3% e 5%, por exemplo, todos os meses para ações de marketing, poderá promover a marca, seus produtos e serviços para clientes e potenciais clientes, alavancando vendas.”

 

A especialista ressalta que o marketing não se reduz apenas às redes sociais, porém, elas têm o poder de alcançar pessoas e clientes de forma exponencial, com investimentos de qualquer ordem, além de permitir a mensuração de resultados.

 

Fora das redes, campanhas de e-mail marketing ou Google Adwords também podem seguir com força total.

 

Erros e acertos

 

O grande erro cometido pelos PMEs ultimamente, na visão de Monica, é primeiramente cortar o investimento em épocas desfavoráveis ou deixar a área na mão de pessoas que não têm experiência ou familiaridade com o assunto. “De acordo com a verba, vale a pena ter uma agência terceirizada ou um profissional contratado para isso.”

 

Por outro lado, ela aponta que empreendedores não costumam medir esforços para promover suas empresas e até usam essa força para encontrar caminhos alternativos e originais, um fator bastante positivo.

 

Nesse sentido, o MEI também pode (e deve) fazer marketing. O que importa é sua visão de negócio e os objetivos que deseja atingir. “Se o empreendedor sonha em desenvolver a sua empresa, evoluindo de MEI para Simples, por exemplo, deve fazer todas as ações com esse objetivo. Por mais simples que seja a sua iniciativa, vai trazer resultados.”

 

Cinco dicas essenciais

 

A especialista listou, com exclusividade para o Portal Sociedade de Negócios, as cinco dias principais relacionadas ao marketing. Abaixo, você confere todas elas.

 

1. Conheça o perfil do seu cliente

Construa campanhas dirigidas a públicos específicos, oferecendo soluções para problemas conhecidos e focando em seus sonhos, dúvidas e medos em relação ao produto ou serviço oferecido pela sua empresa.

 

2. Entregue conteúdo de valor

Seja por meio de vídeos, artigos ou qualquer outra forma, compartilhe informações relevantes para a vida das pessoas, com o intuito de criar autoridade e reciprocidade para a sua marca.

 

3. Aposte nas redes sociais

Elas são excelentes para falar com mais pessoas dentro de um mesmo perfil, alavancando sua empresa.

 

4. Crie um plano de comunicação anual

Pense em uma estratégia para os 12 meses do ano que envolva a criação de conteúdo semanal para as redes sociais, campanhas mensais de e-mail marketing, divulgação de cases de sucesso, entre outros.

 

5. Saiba o que a concorrência está fazendo

Mesmo que você não consiga colocar em prática tudo o que outras marcas estão fazendo, poderá ter ideias e adapta-las para os seus negócios.


Categoria(s): Marketing