Artesanato atrai empreendedores em tempos de crise

Setor movimenta milhões por ano, mas informalidade ainda prevalece

O artesanato tem papel fundamental na cultura e economia brasileira, uma vez que é decorrente da herança dos povos que passaram pelo País. Além de ter forte presença no ramo turístico, a questão ecológica e sustentável também está atrelada ao negócio, por possuir baixo impacto ambiental, reaproveitar materiais e usar recursos naturais. O modelo de negócio está presente como atividade econômica em mais de 78% dos municípios do Brasil e cerca de 10 milhões de brasileiros sustentam seus lares desta forma, de acordo com a Pesquisa de Informações Básicas Municipais do IBGE. 

 

O mercado não é pequeno: movimenta cerca de R$ 50 bilhões por ano em todo o território brasileiro. Segundo o Sebrae, a área cresce cerca de 15% ao ano e possui forte presença no comércio exterior. A Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (APEX-Brasil) estima que os locais que mais importam o artesanato nacional são Estados Unidos, Japão e países da Europa. 

 

Por se tratar de um negócio majoritariamente informal, são poucos os artesãos que de fato conseguem se tornar empreendedores e muitos acabam ficando fora do circuito comercial. Porém, mudanças estão acontecendo e podem, aos poucos, favorecer o setor. O microempreendedor individual (MEI), por exemplo, tem um custo baixo e permite que o artesão se formalize por meio de um processo simples.

 

Outra forma de atingir o sucesso é reconhecer as limitações do negócio. Uma empresa de artesanato raramente terá a mesma capacidade de produção de uma indústria, por exemplo. Portanto, é válido investir em outros diferenciais para captar o público, como uma forte comunicação visual, presença nas redes sociais, e o uso da identidade cultural da região para agregar valor ao produto artesanal.

 

Conectar artesãos e empresas também é uma forte estratégia para impulsionar o retorno financeiro. Mas, ainda assim, o sucesso não é garantido. É importante que o empreendedor analise o mercado, seus concorrentes, possibilidade de crescimento e sucesso, além de meios de fazer a operação andar. 


Categoria(s): Seja um Empreendedor